Passar para o Conteúdo Principal Top
Logotipo Centro Hospitalar São João

CHSJ apresenta resultados da parceria com Hospital Universitário de Oslo no âmbito da desnutrição

18 de Julho de 2017
Equipa nutri site 1 1024 550

Na sequência da realização do projeto Qualife+, o Centro Hospitalar São João (CHSJ) abraçou um novo desafio que consistiu numa parceria com o Hospital Universitário de Oslo, Ullevål, (HUO)), com o intuito de dar a conhecer as realidades dos dois Hospitais no que concerne à implementação de medidas de rastreio e identificação de casos de desnutrição hospitalar nos idosos, bem como transmitir os resultados de projeto QuaLife+.

Com o objetivo de promover a partilha de experiências a nível do rastreio e avaliação do estado nutricional dos idosos, o projeto enquadrado nos Fundos de Relações Bilaterias promovido pelos EEAGrants (Mecanismo Financeiro da Noruega, Islândia e Liechtenstein para a redução das disparidades económico-sociais no Espaço Económico Europeu (EEA) e para o reforço das relações bilaterais entre 16 Estados membros da UE e os Estados membros do EEA no Norte, Centro e Sul da Europa) consistiu na visita de ambas as instituições por equipas de quatro elementos de cada unidade. 

O grupo norueguês, composto por um médico internista responsável da unidade de Geriatria, três enfermeiras, uma da unidade de AVC e duas enfermeiras da unidade de Geriatria, foi recebido pela direção clínica e de seguida visitou os serviços de Medicina Interna que integram a Unidade de AVC e a Unidade de Cuidados Intermédios de Medicina, guiados por Jorge Almeida, diretor do serviço.

A comitiva conheceu, ainda, a Unidade de Nutrição e Dietética onde foi explicado o circuito implementado no âmbito do projeto Qualife+, procedimentos criados e respetivos sistemas de informação usados, bem como os diferentes softwares de apoio à prática clínica, como são exemplos o Jone, Sclinico, Vital e a PDS.

Na visita do grupo português à instituição norueguesa, a equipa teve a oportunidade de conhecer as infraestruturas físicas da mesma e os procedimentos implementados, contactar com os vários grupos de apoio ao doente, nomeadamente o da nutrição, e as equipas de investigação. O grupo pôde ainda constatar a existência de várias adaptações nas enfermarias para desfavorecer as infeções e visitou a cozinha central, onde percebeu existir “menor preocupação com o valor nutricional do que com o seu valor organolético no que diz respeito aos alimentos servidos aos utentes da unidade de geriatria (ex. molhos preparados com base em natas e manteiga, condimentos com piripiri e pimenta, sopas com natas), práticas não compatíveis com a legislação portuguesa nem com os princípios da dietoterapia”, explica Sandra Silva, responsável da Unidade de Nutrição e Dietética do CHSJ. No final, o grupo assistiu à apresentação de vários projetos em curso no HUO.

Integraram a comitiva portuguesa duas nutricionistas, a gestora de acompanhamento do projeto e uma enfermeira do Centro de Epidemiologia do CHSJ.

De acordo com Sandra Marília, "esta parceria entre o CHSJ e o HUO permitiu dar a conhecer os resultados do projeto QuaLife+ com impacto favorável na perspetiva das boas práticas hospitalares. Paralelamente, foi possível conhecer, de forma mútua, as realidades das duas instituições na área da avaliação do risco e do estado nutricional, bem como o seu estado de desenvolvimento e implementação. Foi, ainda, possível conhecer áreas fora do âmbito do projeto, nomeadamente, a cozinha e as instalações hospitalares, como já referido. Numa perspetiva mais generalista, permitiu a internacionalização do projeto e a abertura de canais para futuras parcerias, neste ou em outros âmbitos, com eventual interesse para o CHSJ.”

Delegação Norueguesa recebida pela Direção Clínica.jpg Reunião de trabalho no CHSJ, entre as duas delegações.jpg Reunião de trabalho que decorreu em Oslo.jpg