Passar para o Conteúdo Principal Top
Logotipo Centro Hospitalar São João

São João arrecada vários prémios no 6.º Simpósio de Enfermagem em Neurologia

20 de Dezembro de 2017
Congresso neurologia site 1 1024 550

Os enfermeiros do Serviço de Neurologia do Centro Hospitalar São João (CHSJ), participaram no 6º Simpósio de Enfermagem em Neurologia, inserido no Congresso de Neurologia 2017, tendo sido premiada com o melhor poster, a melhor comunicação oral e com uma menção honrosa. O foco desta iniciativa foi a rede de cuidados que acolhe o doente neurológico fora do Hospital.

Um dos painéis debruçou-se sobre o trabalho da Equipa de Gestão de Altas do CHSJ, através da intervenção de Pedro Vale que alertou a plateia sobre os aspetos a ter em conta no planeamento da Alta Hospitalar após as recentes alterações que sofreu o modo de referenciação dos doentes. “Os principais desafios da Equipa de Gestão de Altas são a escolha da tipologia mais adequada de integração do doente na Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados e a sinalização mais rápida possível para encurtar o tempo de estadia no Hospital”, acrescentou o enfermeiro.

Patrícia Araújo, enfermeira especialista em Reabilitação no Serviço de Neurologia do CHSJ apresentou dois casos de sucesso do projeto “Intervir além do Hospital”. “Tentamos intervir na reorganização pessoal e familiar do utente, bem como junto das entidades patronais, no sentido da reorganização profissional do utente com as devidas adaptações às novas condições físicas”, explicou a especialista.

Ainda sobre o mesmo tema, Delfim Oliveira, Enfermeiro-Chefe do Serviço de Neurologia do CHSJ aprofundou o assunto, atestando que “Primeiro, integrámos a família dentro do Hospital, depois colocámos os enfermeiros em casa dos utentes, a viver na casa deles, como se fossem os seus locais de trabalho. Em ambas as situações, tivemos uma atuação direta mobilizando os serviços locais, as famílias, os amigos, os patrões e os colegas de trabalho”.

O tema da capacitação dos cuidadores das pessoas com demência foi abordado por Lia Sousa, enfermeira especialista em saúde mental e psiquiatria, do Serviço de Neurologia do CHSJ, que apresentou os resultados de um estudo experimental controlado que desenvolveu no CHSJ com estes cuidadores no âmbito da sua tese de doutoramento. 

Segundo esta, “os cuidadores do grupo experimental melhoraram a avaliação, diminuíram as dificuldades e a sobrecarga e aumentaram o número de estratégias que utilizavam para gerir os seus problemas no dia-a-dia. Os resultados levam-nos a concluir que é importante manter o contacto com os cuidadores, porque as necessidades da pessoa com demência vão mudando”, afirmou Lia Sousa."