Passar para o Conteúdo Principal Top
Logotipo Centro Hospitalar São João

Estudo do São João sobre resistência e resposta às terapêuticas em tumores cerebrais vence melhor comunicação oral

15 de Janeiro de 2018
Neurooncologia site 1 1024 550

Bruno Carvalho, médico assistente hospitalar de Neurocirurgia no Centro Hospitalar São João (CHSJ), aluno de doutoramento na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) e investigador do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde(I3S) recebeu o prémio de melhor comunicação oral em Investigação Clínica no Xº Congresso Anual da Associação Portuguesa de Neuro-Oncologia que decorreu recentemente no Hospital de Braga.

Intitulado ‘Significância prognóstica e terapêutica de c-Met/HGF em glioblastoma tratado com bevacizumab’, o estudo de investigação clínica e laboratorial foca-se na pesquisa de biomarcadores de prognóstico e preditores de resposta terapêutica em gliomas de alto grau.

De acordo com Bruno Carvalho, “o estudo centra-se nos mecanismos de resistência e resposta à terapêutica (c-Met e HGF) do glioblastoma aos agentes anti-angiogénicos”.

O médico acrescenta que “os dados apresentados suportam a hipótese de que a sobre-expressão de c-Met está associada a piores respostas a terapêuticas anti-angiogénicas e poderá ter um papel no desenvolvimento de resistência do glioblastoma a estes agentes.

“Salienta-se a importância da seleção de doentes e de terapêuticas personalizadas baseadas em biomarcadores de forma a evitar tratamentos ineficazes e otimizar os resultados terapêuticos”, remata o clínico e investigador.

O Estudo em causa foi desenvolvido no serviço de neurocirurgia do CHSJ no I3S - Grupo "Cancer Signalling and Metabolism", no âmbito do Programa Doutoral em Neurociências Clínicas, Neuropsiquiatria e Saúde Mental da FMUP. Neste estudo colaboraram: Inês Margarido, Joana Peixoto, Paula Soares, Ana Catarina Fernandes, Andreia Costa, Cláudia Caeiro, Lígia Osório, Paulo Linhares, José Manuel Lopes, Jorge Lima e Rui Vaz.

O Xº Congresso Anual da Associação Portuguesa de Neuro-Oncologia é uma reunião nacional anual envolvendo as múltiplas especialidades intervenientes na doença neuro-oncológica (neurocirurgia, oncologia, radioterapia, neurologia, cuidados paliativos).

 Receção do prémio