Passar para o Conteúdo Principal Top
Logotipo Centro Hospitalar São João

Gastrenterologia

Gastrenterologia

Data de Criação - 1972

Diretor de Serviço - Guilherme Macedo

Enfermeiras Chefe - Clementina Moreira (Internamento) e Sónia Barros (Técnicas de Gastrenterologia)

 

Missão

O Serviço de Gastrenterologia do Centro Hospitalar de São João (CHSJ) abarca na sua atividade a tripla vertente de assistência, investigação e ensino, sendo esta última também constituída como Serviço de Gastrenterologia da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.
No plano assistencial, está inserido na Unidade Autónoma de Gestão de Medicina (UAG Medicina). São executadas funções no internamento (sendo os doentes da sua responsabilidade internados no Internamento Geral de Medicina), consulta interna, consulta externa e hospital de dia, exames complementares de diagnóstico e terapêutica e serviço de urgência diário das 8 às 20 horas, colaborando ainda na urgência regional noturna de gastrenterologia (URGE) da ARS Norte.
No plano educacional desempenha atividade específica no ensino pós-graduado, nomeadamente no Internato Complementar de Gastrenterologia para o qual tem idoneidade total reconhecida pela Ordem dos Médicos. Colabora ainda na formação de internos de outras especialidades (Medicina Interna, Cirurgia Geral e Medicina Geral e Familiar) e de estagiários dos Cursos de Nutrição e de Enfermagem.
Ainda no plano educacional colabora no ensino pré-graduado da disciplina de Gastrenterologia da licenciatura em Medicina, acolhendo também alunos de outros Países ao abrigo de planos de intercâmbio internacional.
Desenvolve também atividade científica e de investigação, no plano nacional e internacional.

 

Antecedentes/ História

A Unidade de Gastrenterologia foi criada em 1972, data em que foi reconhecida a especialidade, integrada no Serviço de Propedêutica Médica, sem internamento próprio, sendo Director de Serviço Emídio Ribeiro.
O primeiro médico da unidade foi Tomé Ribeiro, mais tarde Diretor de Serviço.
Em 1978 foi criado um gabinete de técnicas, com três gabinetes, no piso 2. Este espaço foi aumentando ao longo dos anos, executando atualmente todas as técnicas da especialidade.
De 1992 a 2001 o Serviço de Gastrenterologia foi dirigido por Tomé Ribeiro, sendo igualmente Diretor do Serviço de Medicina 1.
O Serviço só foi criado em 2006 pelo Ministério da Saúde, sendo Diretor Tavarela Veloso.