Passar para o Conteúdo Principal Top
Logotipo Centro Hospitalar São João

Medicina Nuclear

Medicina Nuclear

Data de Criação - 1999

Diretor de Serviço - Jorge Gonçalves Pereira

 

História do Serviço 

O Serviço resulta da integração do antigo laboratório de radioisótopos da FMUP (criado em 1959) e o Hospital de São João.
Está localizado no piso 01, na ala poente, junto aos elevadores 6 e 7 (entrada da urgência de obstetrícia).

 

Equipa

Médicos, Físicos médicos, Técnicos de Diagnóstico e Terapêutica, Enfermeiros, Assistentes técnicos e Auxiliar operacional.

 

Missão

O Serviço de Medicina Nuclear realiza exames de diagnóstico e tratamentos de qualidade e em tempo útil, requisitados pela consulta externa e internamento do CHSJ e aceita, ainda, pedidos de outras unidades de saúde.
Para além da componente clínica, contribui activamente para a Investigação Clínica do CHSJ e da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e é, ainda, um centro de formação pré e pós-graduada (idoneidade parcial para formação de médicos internos de Medicina Nuclear e estágios parcelares para médicos internos de outras especialidades).

 

Objetivos

O nosso objectivo é manter o grau de exigência e qualidade actuais, aumentado a nossa capacidade de resposta, acompanhando o aumento das necessidades e evolução da Medicina.
Para tal, é fundamental a actualização dos equipamentos, sendo a aquisição de um aparelho de PET-CT e a preparação de um quarto para administração de terapêuticas de Medicina Nuclear em internamento, objetivos cruciais para o serviço e para a instituição. Estas valências de PET-CT e as Terapêuticas representam cerca de 50% de toda a actividade de um serviço de Medicina Nuclear num hospital terciário, sendo que são valências em fase de crescimento de utilização na área da Oncologia, pelo que nos parece legítimo o desejo de as ver preenchidas.
No actual contexto, o serviço manterá apenas capacidade formativa parcial em Medicina Nuclear.
Será imperativa a manutenção dos protocolos de colaboração para a formação dos internos de outras especialidades médicas - Cardiologia, Radiologia, Endocrinologia, com o objetivo do ensino e expansão de conhecimento da utilidade da Medicina Nuclear na Medicina atual. Do mesmo modo, continuamos a disponibilizar estágios para a formação de Técnicos de Saúde - Imagem médica e radio oncologia.
Pretende-se um acréscimo de produção científica na área de Investigação Clínica.
A concretização desta expansão constitui um desiderato estratégico para o CHSJ e para a Faculdade de Medicina da U. Porto, para os quais se pretende a melhor tecnologia, a fim da obtenção do respetivo mérito científico e referenciação de doentes.

A actual Direcção de Serviço colocará todo o seu empenho, pessoal e profissional, na obtenção dos objetivos aqui propostos.