Passar para o Conteúdo Principal Top
Logotipo Centro Hospitalar São João

icone topo site (002)

Novas opções terapêuticas para o tratamento da osteoporose pós menopausa em discussão nos 40 anos do Serviço de Reumatologia

26 de Novembro de 2013
Palestra osteoporose 1 1024 550

No ano de 2013, comemora-se o 40º aniversário do Serviço de Reumatologia do Centro Hospitalar de São João. Depois do debate sobre Biossimilares Monoclonais que decorreu em Abril passado, o serviço promoveu, desta feita, uma palestra sobre as novas opções terapêuticas para o tratamento da osteoporose pós menopausa, com a presença do Professor Socrates Papapoulos, investigador da Universidade de Leiden, na Holanda e expert em matéria de Osteoporose.

Com o recente surgimento de novidades ao nível dos fármacos usados no tratamento da Osteoporose no período de pós-menopausa , existem opções terapêuticas com resultados inéditos que poderão melhorar a qualidade de vida das pessoas atingidas por esta patologia.

O Professor Socrates Papapoulos explicou os vários mecanismos implicados na remodelação óssea e consequentemente na patogénese da osteoporose, abordando os diferentes alvos terapêuticos.

Após uma breve revisão sobre os medicamentos atualmente disponíveis para o tratamento da osteoporose, o convidado da sessão focou-se em dois novos fármacos em desenvolvimento, com novos mecanismos de ação. Um deles, já em estudos clínicos de fase III, um anti-reabsortivo que atua inibindo a Catepsina K, uma enzima proteolítica responsável pela degradação da matriz orgânica do osso, constituída fundamentalmente por colagénio tipo I.

O outro fármaco, ainda em fase de desenvolvimento menos avançada, pertence ao grupo dos osteoformadores, sendo um inibidor da esclerostina, atuando na via de sinalização Wnt.

No final, houve um interessante período de questões a que o Professor Papapoulos respondeu no seu habitual modo informal, mas de rigoroso conteúdo científico.