Passar para o Conteúdo Principal Top
Logotipo Centro Hospitalar São João

icone topo site (002)

CHUSJ vence prémio HINTT2021

08 de Outubro de 2021
Pr mio hintt2021 site 1 1024 550

O CHUSJ venceu o prémio HINTT2021 na categoria de Value Proposition que corresponde à “Adopção de estratégias focadas na eficiência de cuidados de saúde, baseadas nos sistemas de informação, que apoiam a tomada de decisão e colocam o doente no centro do sistema”, com o desenvolvimento de uma ferramenta de monitorização para o CRI Obesidade (CRIO), assegurada pelo Centro de Gestão de Informação pelo Serviço de Inteligência de Dados, em colaboração com o CRI de Obesidade.

O desenvolvimento da ferramenta de gestão operacional permite analisar o fluxo dos utentes integrados no CRI de Obesidade. Nesta ferramenta é possível apresentar todos os eventos determinantes no tratamento dos utentes neste processo, e analisar automaticamente todos os constrangimentos temporais existentes, entre cada um dos eventos referidos, quer seja a realização de consultas, MCDTs, entradas em LIC, etc. Adicionalmente é possível apresentar toda a alarmística associada ao controlo do programa de preço compreensivo, que torna a gestão destes doentes exigente, e dessa maneira contribuir para a melhoria de eficiência do sistema.

Antes dos resultados do projeto estarem disponíveis, era impossível recolher esta informação de forma automática, obrigando aos gestores um esforço significativo na análise e controlo de cada passo no tratamento destes doentes, bem como registando-se perda da faturação pelo CHUSJ, em virtude do não cumprimento dos requisitos do contrato-programa, dimensões que mudaram de forma relevante após a implementação desta abordagem.

"A implementação desta ferramenta na atividade do CRI de Obesidade permitiu-nos acrescentar valor à qualidade clínica prestada aos nossos utentes e traduziu-se em ganhos de eficiência na utilização dos recursos disponíveis. Um excelente exemplo da aliança entre as tecnologias de informação e a clínica, focado nos cuidados de saúde", referiu John Preto, coordenador do CRIO.