Passar para o Conteúdo Principal Top
Logotipo Centro Hospitalar São João

icone topo site (002)

São João vence prémio de promoção de rotinas saudáveis para o isolamento por COVID-19

26 de Novembro de 2021
Ficaocupadosj site 1 1024 550

Um Projeto de apoio ao isolamento, do Serviço de Psiquiatria do Centro Hospitalar Universitário São João (CHUSJ), venceu o 1º prémio da Bolsa ao projeto “Plataforma digital com recursos informativos e de organização de rotinas saudáveis para o isolamento por COVID-19”, designa-se por #ficaocupadosaojoao.

Esta candidatura pretendeu apresentar um processo de criação de um projeto de inovação em saúde, desenvolvido pelo Gabinete de Terapia Ocupacional do serviço de psiquiatria do CHUSJ, em colaboração direta com a Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico do Porto (ESS-IPP), na primeira vaga da pandemia por COVID-19.

Este projeto consistiu na criação e desenvolvimento de uma Plataforma Digital designada por #ficaOcupadosaojoao, alojada no Portal São João, com um conjunto de recursos informativos e de organização de rotinas saudáveis e de ocupação diária, dirigida a pessoas em isolamento, em situação de internamento, hospitalização domiciliária, ou isolamento profilático em casa, com especial atenção às pessoas com doença mental e outros grupos de risco vulneráveis.

Nesta Plataforma Digital é possível aceder a um conjunto de recursos, informações, sugestões e links, relacionados com diferentes domínios e áreas da vida e disponibiliza ainda um conjunto de informações sobre a COVID-19, criteriosamente selecionadas, reunidas em 105 fichas temáticas.

Assim, a Plataforma criada, no período de 27 de Março a 22 de Junho de 2020, registou um total de 37150 visualizações e até hoje inúmeros contactos reforçando a pertinência da mesma e o potencial de replicabilidade noutros serviços de saúde mental e em outras instituições que adotaram a Plataforma como ferramenta.

Esta Plataforma está alicerçada num dos pressupostos basilares da ciência ocupacional – a ocupação é parte integrante da condição humana e elemento central da nossa identidade, senso de propósito e determinante central de bem-estar e saúde. Esta iniciativa reuniu em duas semanas, 6 terapeutas ocupacionais, 3 médicos psiquiatras e 1 médica pedopsiquiatra do CHUSJ e 50 alunos finalistas da Licenciatura em Terapia Ocupacional, supervisionados e orientados por 15 docentes da ESS-IPP, que em conjunto e de forma voluntária, pensaram e desenvolveram este recurso num curto espaço de tempo. Mais tarde encontrou outros parceiros na área da saúde no desenvolvimento de recursos mais específicos que, entretanto, vieram a ser criados. 

Diploma