Passar para o Conteúdo Principal Top
Logotipo Centro Hospitalar São João

icone topo site (002)

São João premiado por estudo inovador na área da COVID-19

13 de Julho de 2022
Ana vaz   m dica do servi o de medicina f sica e reabilita  o do chusj.site 1 1024 550
Ana Vaz, Médica Interna de Formação Específica do Serviço de Medicina Física e de Reabilitação do Centro Hospitalar Universitário São João (CHUSJ) venceu o prémio de Melhor Comunicação Oral da Sociedade Portuguesa de Medicina Física e de Reabilitação (SPMFR), com um trabalho intitulado “PRINCOVID” que consiste num estudo original colaborativo entre os Serviços de Medicina Intensiva e de Medicina Física e de Reabilitação do CHUSJ (sob orientação de José Artur Paiva e Afonso Rocha), que visou identificar fatores de risco e desenvolver um modelo de predição de risco de lesões por pressão em doentes críticos COVID-19. 

"Neste estudo, foram incluídas consecutivamente 205 pessoas com COVID-19 crítico. Vários fatores sociodemográficos, comorbilidades, características clínicas e parâmetros analíticos à admissão na Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) foram avaliados como potenciais preditores de lesões por pressão. O sexo masculino, a hipertensão e os valores de hemogloblina e albumina à admissão na UCI revelaram-se fatores independentemente associados ao desenvolvimento de lesões por pressão. Estas variáveis constituíram o modelo PRINCOVID que apresentou um melhor poder preditivo de lesões por pressão, comparativamente à Escala de Braden (standard na prática clínica)”, explica Ana Vaz, médica do CHUSJ e autora do estudo.

Este prémio foi recebido no âmbito do 16º Congresso da International Society of Physical and Rehabilitation Medicine, que decorreu recentemente em Lisboa.