Passar para o Conteúdo Principal Top
Logotipo Centro Hospitalar São João

icone topo site (002)

Médica do São João vence prémio com estudo sobre impacto da Covid-19

22 de Novembro de 2022
Ana vaz   m dica interna do servi o de medicina f sica e reabilita  o do chusj 1 1024 550
Na continuidade do trabalho de investigação clínica que tem sido desenvolvido no Centro Hospitalar Universitário de São João (CHUSJ) relacionado com a doença crítica COVID-19, foi atribuído o prémio de melhor poster nas I Jornadas Ibéricas de Neurorreabilitação a Ana Vaz, Médica Interna de Formação Específica do Serviço de Medicina Física e de Reabilitação do CHUSJ.

O trabalho intitulado “Qual o impacto da COVID-19 crítica na funcionalidade e nos domínios físico, mental e cognitivo? Um estudo prospetivo” é uma investigação original colaborativo entre os Serviços de Medicina Intensiva e de Medicina Física e de Reabilitação do CHUSJ, realizado sob orientação de José Artur Paiva e Afonso Rocha.

“Neste trabalho foram incluídos consecutivamente 42 sobreviventes de doença crítica COVID-19, os quais foram avaliados em consulta de Medicina Física e de Reabilitação aos 6 e 12 meses após alta da Unidade de Cuidados Intensivos.

As avaliações incluíram o exame objetivo, a aplicação de várias escalas pré-definidas com o objetivo de caracterizar os três principais domínios (físico, mental e cognitivo) da Síndrome Pós-Internamento em Cuidados Intensivos e a análise da funcionalidade e autonomia nas atividades de vida diária.

De facto, os sobreviventes de COVID-19 crítica apresentaram incapacidade funcional e disfunção nos domínios físico, mental e cognitivo aos 6 e 12 meses após alta da UCI.

No entanto, verificou-se uma evolução positiva significativa ao longo deste período de seguimento." explica Ana Vaz, médica do CHUSJ e autora do estudo.