Passar para o Conteúdo Principal Top
Logotipo Centro Hospitalar São João

icone topo site (002)

Outras informações

O Serviço de Neonatologia do Centro Hospitalar Universitário de São João (CHUSJ) está sob a direção do Dr. Henrique Soares desde março de 2020. A equipa de enfermagem é atualmente liderada pela Enfermeira Madalena Pacheco. Fundado enquanto Serviço em 1996, desde 1983 que estava organizado no Departamento de Pediatria enquanto Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais. Contribuíram para a sua evolução vários pediatras e neonatologistas como o Professor Norberto Teixeira dos Santos, a Dra. Nelma Gonçalves, o Professor Rui Carrapato, a Dra. Agostinha Souto, a Professora Hercília Guimarães, entre outros.

O Serviço de Neonatologia, dividido em 4 setores, é constituído atualmente por:

Missão

Fazendo parte do CHUSJ, hospital universitário de nível III, a missão do Serviço de Neonatologia é a de prestar os melhores cuidados de saúde peri e neonatais com elevado nível de competência, qualidade e rigor, fomentando a formação pré e pós graduada e a investigação, respeitando sempre os princípios da ética e da humanização, promovendo a diferenciação e a realização profissional dos seus colaboradores.

Visão

A visão do Serviço de Neonatologia do CHUSJ é ser exemplo na prestação de cuidados de saúde a nível nacional e internacional, garante de todos os cuidados neonatais para doentes referenciados principalmente do norte do país. Com uma perspetiva de crescimento sustentável, comprometimento, sentido de mudança e diferenciação, ambiciona a criação de valor nomeadamente pela medição dos resultados clínicos, reforçando o estatuto de Centro de Referência nacional com abrangência à Neonatologia nas áreas específicas (Cardiologia Pediátrica, Doenças Hereditárias do Metabolismo e Oncologia Pediátrica) mas também nas áreas onde possui diferenciação pediátrica e neonatal (Neurologia e Neurocirurgia, Pneumologia e Otorrinolaringologia, Gastrenterologia e Nutrição, Oftalmologia, Ortopedia, Hematologia, Imunohemoterapia e Imagiologia). 

Valores

Os valores que devem orientar todos os profissionais de saúde do Serviço de Neonatologia e resultar numa melhoria contínua de desempenho são: o sentido de serviço público (com abrangência ao respeito pela heterogeneidade populacional), o envolvimento contínuo e a colaboração em espírito de equipa, a melhoria e o aperfeiçoamento contínuos com estima pela valorização pessoal, a centralidade da pessoa humana, a não discriminação, o respeito pela individualidade, a postura nos padrões éticos e deontológicos e a vivência da cultura do mérito, do rigor e da avaliação contínua. O Serviço de Neonatologia do CHUSJ e os profissionais que o constituem deverão orientar ainda o seu desempenho comprometendo-se com a missão e a estratégia do Serviço, exercendo com rigor e exigência as suas atividades, orientados para resultados de excelência com sentido de responsabilidade, diligência e eficiência sem nunca perder a noção da defesa do interesse público. O Serviço de Neonatologia adota, conforme disposto do Regulamento Interno do CHUSJ de 2019, a Carta de Humanização do CHUSJ, consagrando um conjunto de princípios de natureza ética e de valores que devem orientar os seus colaboradores.

Setores do Serviço

O Serviço de Neonatologia do CHSJ é dividido em 4 setores: Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais (UCIN), Sala de Partos, Perinatologia (Recém nascidos - Obstetrícia) e Consulta Externa. Cada setor possui um responsável, responsáveis pela organização funcional diária do serviço. O Serviço está ainda organizado por áreas de conhecimento. Em anexo, apresenta-se o organograma dos médicos do Serviço.

UCIN

Setor coordenado pelo Dr. Paulo Soares, a UCIN do Serviço de Neonatologia do CHSJ é uma unidade de nível 3 e um Serviço classificado como de Apoio Perinatal Altamente Diferenciado, apresenta responsabilidades acrescidas dentro do sistema de referenciação hospitalar. É parte integrante dos Centros de Referência de Cardiopatias Congénitas, Doenças Hereditárias do Metabolismo e de Oncologia Pediátrica, dentro da faixa neonatal. Para além disso tem diferenciação pediátrica e neonatal global (Neurologia e Neurocirurgia, Pneumologia e ORL, Gastrenterologia e Nutrição, Oftalmologia, Ortopedia, Hematologia, Imunohemoterapia, Imagiologia e Genética). A UCIN tem uma dotação de 17 postos, 10 postos de cuidados intensivos e 7 postos de cuidados intermédios.

A UCIN recebe RN inborn e outborn. A sua diferenciação nas áreas acima descritas impõem uma responsabilidade acrescida tendo que responder, de forma reativa, aos RN’s doentes que nascem de forma não programada no CHUSJ, à Unidade de Diagnóstico Pré Natal do Serviço de Obstetrícia do CHUSJ e, tratando-se de um Centro de Apoio Perinatal Altamente Diferenciado, às transferências de RN oriundos de outros hospitais.

A abordagem destes RN’s na UCIN, a orientação diagnóstica e a terapêutica, abrange toda a patologia neonatal, ampla, específica e heterogénea, desde a prematuridade de 23 semanas, até às patologias cardíaca, metabólica e cirúrgica. Requer exigências diferenciadas como por exemplo a reanimação neonatal avançada, a prática de todas as modalidades de ventilação mecânica neonatal (CPAP, IMV, SIMV, SIPPV, PSV, VAFO), uso de NOi, colocação de cateteres (umbilicais, epicutâneo-cava, femorais e arteriais e de drenos torácicos), realização e interpretação de ecografia transfontanelar e de ecocardiograma funcional, colocação e interpretação de aEEG, NIRS, da técnica de Hipotermia Induzida e de ECMO. O seu modelo de diferenciação é espelhado pelo número crescente de doentes críticos em status post op imediato de cardiopatias congénitas complexas. É centro de formação NIDCAP. O Serviço tem ainda experiência de tratamento com ECMO.

Sendo a UCIN do Serviço de Neonatologia do CHSJ uma unidade de nível 3, a vivência assistencial ao longo do tempo permite aos seus profissionais uma experiência clínica acumulada com toda a patologia neonatal, quer na sua vertente teórica, quer na sua vertente prática.

Os profissionais são distribuídos em escalas diárias pela coordenação, ou na sua ausência, pelo assistente mais graduado do Serviço.

Sala de partos

Setor coordenado pelo Dr. Mário Mateus, a Sala de Partos, pertencente ao Serviço de Urgência de Ginecologia e Obstetrícia, encontra-se dependente do Serviço de Neonatologia no que se refere à assistência neonatal. Sendo um ponto importantíssimo de assistência ao RN, tem sido apoiado, quando possível, por um neonatologista destacado para este setor durante as manhãs e pelos médicos de urgência durante as tardes, noites, feriados e fins-de-semana. Este Serviço é constituído por 5 Salas de Parto e um Bloco Operatório com 2 Salas. Tem uma Sala de Reanimação devidamente equipada no espaço do Bloco e 5 pontos de apoio à reanimação em cada Sala de Partos.

Perinatologia

Setor coordenado pela Dra. Manuela Rodrigues este setor, fazendo parte do Serviço de Obstetrícia, é também apoiado o ponto de vista assistencial pelo Serviço de Neonatologia. Recebe atualmente todos os RN que não carecem de cuidados especiais ficando internados em berço, sempre que possível, junto da mãe. Este setor é apoiado por 2 neonatologistas das 8-14h e pela equipa de urgência alocada à UCIN durante as tarde, noites, fins-de-semana e feriados. Contempla ainda os estágios de Perinatologia para internos de Pediatria em número até três por trimestre. Nesta área, para além das visitas médicas diárias aos RN’s durante a semana, são realizados de forma sistemática os rastreios de cardiopatia congénita por saturação transcutânea de O2, de surdez, de leucocória e metabólico.

Consulta Externa

Setor coordenado pela Dra. Angelina Martins, a Consulta de Neonatologia é dividida em duas grandes áreas: a Consulta de Pediatria - Neonatologia para doentes que tiveram alta da UCIN e a Consulta de Neonatologia – Recém-Nascido para RN que tiveram alta do setor Perinatologia.

No que se refere à primeira, são atualmente realizados 7 períodos de consulta, parcialmente organizados por patologia/médico (Gastrenterologia, Prematuridade Tardia, Cardiopatias, Pneumologia, Restrições e Síndromes, Grande Prematuridade e Gemelaridade). Esta consulta representa um suporte importantíssimo para os doentes que tiveram alta da UCIN, muitas vezes o único verdadeiro suporte para estas famílias. Esta consulta permite fazer seguimento além de permitir referenciar para outras especialidades funcionando como um garante de seguimento para o doente.

Em relação à Consulta de Neonatologia – Recém-Nascido, ela cumpre com o designo de dar uma resposta completa às famílias, funcionando como um mecanismo de segurança para o RN.