Passar para o Conteúdo Principal Top
Logotipo Centro Hospitalar São João

icone topo site (002)

Repositório Clínico Digital

Repositorio Clinico Digital 2021 (002)

Designação do projeto: Repositório Clínico Digital

Código do projeto: POCI-02-0550-FEDER-012415

Objetivo principal: Melhorar o acesso às tecnologias da informação e da comunicação, bem como a sua utilização e qualidade

 

Data de aprovação: 2016-01-18

Data de início: 2016-10-01

Data de conclusão: 2021-03-30

 

Descrição:

O projeto Repositório Clínico Digital (RCD) é um projeto inovador que resulta das sinergias criadas pelo Centro de Gestão da Informação do CHUSJ, tendo como principal objetivo assegurar o acesso à informação clínica numa perspetiva integrada do Processo Clínico Eletrónico do doente. O projeto foi desenvolvimento para garantir a autenticidade, integridade e disponibilidade dos documentos clínicos produzidos e armazenados em processo clínico em papel, considerando os procedimentos necessários à correta organização, classificação e digitalização de documentação atual e retrospetiva de processos clínicos de doentes do CHUSJ.

O projeto foi alvo de financiamento FEDER e contou com a parceria da Direção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), integrando requisitos do regulador em matéria de preservação digital com vista a uma possível alteração legal em matéria de transferência de suporte, tendo como objetivo uma racionalização de produção e uso de registos clínicos em papel.

O projeto Repositório Clínico Digital contempla ações para colmatar as questões identificadas através da criação de um repositório clínico digital que garanta a autenticidade e integridade dos documentos, de procedimentos necessários à correta digitalização e classificação dos documentos, da digitalização da documentação atual e retrospetiva de processos clínicos de doentes atuais, e do envolvimento dos recursos humanos do CHSJ e da DGLAB.

 

Objetivos:

A presente operação tem como objetivo a constituição do Repositório Clínico Digital, assegurando assim o acesso à informação clínica das futuras gerações de doentes do CHSJ, na convicção de que a capacidade de preservar e reutilizar a longo prazo a informação clínica dos doentes será um fator crítico no futuro desempenho das instituições de Saúde.

 

Resultados:

Desta operação vai resultar a modernização da sua estrutura informacional, com impacto para a eficácia na disponibilização da informação clínica em tempo útil para suporte à prestação de cuidados, bem como na sua reutilização para investigação e resposta eficaz a pedidos externos, nomeadamente de utentes e outras instituições públicas.
Adicionalmente, resulta um maior apoio aos profissionais de Saúde do CHSJ na transição do papel para o digital, racionalizando o uso e produção da informação em papel e incentivando o uso do Processo Clínico Eletrónico (PCE), potenciando a efetiva desmaterialização dos processos informacionais ocorridos no momento da prestação de cuidados.

 

Barra COMPETE